top of page
Buscar

Como organizar os produtos na sua loja!

Você sabia que existe uma lógica que determina como organizar os produtos da sua loja em um supermercado? Não faz sentido andar pelo corredor onde fica o papel higiênico e também encontrar diversos tipos de macarrão. A comida fica com a comida, os produtos de limpeza ficam com os produtos de limpeza.

Seguindo essa lógica, você facilita a vida das pessoas que fazem compras, que não precisam mudar de corredor quando apenas querem opções de marcas diferentes.


Para organizar os produtos da sua loja - Planeje bem antes de começar…


A melhor forma de organizar os produtos da sua loja com um bom número nas suas vendas é ter um plano tanto financeiro, quanto de logística, quanto em organização da sua mercadoria. Ninguém melhor que um representante Gôndolas Brasil pra te ajudar nisso.


Onde quer que você esteja a Gôndolas, pode te ajudar com organização, armazenagem inteligente, estocagem… enfim, em qualquer momento da sua loja você pode contar com uma empresa que vai, com certeza, fazer o seu dinheiro investido valer a pena.


Agora temos 5 passos que podem te ajudar a ter mais sucesso de vendas com algo tão simples:


1- Observação


A observação é uma das etapas do método científico. Ela se baseia em perceber, ver e interpretar. A ideia é começar acertando, certo? Mas, isso não significa que as coisas nunca irão mudar. Os hábitos dos clientes mudam e a observação precisa ser algo constante. Quando eu digo observação, não quero dizer que você tem que vigiar o seu cliente, não é nada disso. Essa observação está em entender o que eles mais procuram na sua loja. Algumas perguntas interessantes nesse momento de observação:


  • Será que existe alguma dificuldade para que as pessoas encontrem esse produto?


  • Será que esse produto que não está sendo tão procurado está tendo muita visibilidade? Em alguns casos é interessante até reavaliar se faz sentido continuar trabalhando com alguma marca específica.


  • Será que não tenho alguma marca que está sendo super requisitada? Isso requer uma observação mais ampla, não apenas da sua loja, mas do mercado como um todo.


2- Conheça o seu público-alvo


Uma das coisas mais interessantes no quesito "consumidor" é que existem vários tipos diferentes. E cada um deles tem comportamentos específicos. Quanto mais você conhece o seu público, melhor você consegue entender o que ele procura e quais são seus hábitos de consumo.


Hoje em dia, as coisas mudam de um jeito muito desenfreado e os consumidores mais ainda. Por isso, a observação, que foi a primeira dica, é extremamente importante. Você vai conhecer o seu público-alvo e acompanhar as tendências de compras que eles vão acabar eventualmente seguindo.


A disposição da sua mercadoria precisa fazer sentido para o seu público-alvo. Isso pode parecer quase óbvio demais, mas se sua mercadoria for colocada de forma aleatória por toda a loja, isso não fará o menor sentido para o seu cliente.


3- Tenha sempre produtos novos ou frescos


Ninguém gosta de ver um produto velho, estragado ou vencido na prateleira, né? Não organizar os produtos da sua loja além da impressão de falta de cuidado que isso passa, também dá uma ideia de que o seu produto não é bom. Afinal de contas ele está ali há muito tempo, parece que nunca sai.


Faça checagens periódicas em todas as suas gôndolas e prateleiras. Dependendo do seu produto e do tamanho da sua loja, decida qual o melhor intervalo de tempo para essas checagens. Se diário, semanal, quinzenal, etc. O importante é que isso seja feito periodicamente.


4- Nunca deixe buracos em suas prateleiras


Essas checagens periódicas da dica anterior também irão ajudar nesse passo. Buracos nas prateleiras arruínam o layout da sua loja. Mantenha as suas prateleiras sempre fartas, isso dá uma impressão de que o repositor está fazendo um bom trabalho.


É claro que o cliente não pensa exatamente no seu repositor, mas inconscientemente é percebido que existe um cuidado em atender os consumidores da melhor forma possível.


É bem chato chegar em uma prateleira e perceber que, aquele biscoito que você queria muito e estava com um preço super em conta, acabou. Aquele buraco na prateleira quase abre um no seu coração, né? Chega de drama!


5- Apele para todos os sentidos


Que tal, além dos estímulos visuais, uma música agradável ou um cheiro característico? A experiência do seu cliente pode se tornar cada vez mais agradável se você usar a sua criatividade.


Cuidado! Não vá exagerar nos estímulos sensoriais. Isso tudo precisa ser bem dosado. Estude o que combina com a sua loja e o que faz sentido com o seu produto.


Imagine que em uma loja de produtos agropecuários, o dono decide agradar com a música e coloca um metal pra tocar?


Não é um estereótipo, é um comportamento.


Normalmente, o público agropecuário não vai gostar deste tipo de música e vai acabar querendo sair da sua loja o mais rápido possível. As pessoas que consomem esse tipo de produto costuma gostar de outro estilo musical, isso é um fato! Existem exceções? Sim! Mas, você precisa alcançar o maior número de clientes possível, certo?


No fim das contas, todas as dicas são interligadas, de observar e conhecer o seu público-alvo até planeja a melhor experiência para ele. Tudo isso faz parte do processo de melhora das suas vendas. Acredite, faz toda a diferença!


Depois de tudo que você leu aqui, já dá pra planejar a melhor loja do seu segmento, né?


Se você tem dúvidas de como desenvolver cada uma dessas dicas, recorra a quem sabe. Qualquer que seja o seu segmento de lojas, a Gôndolas Brasil tem soluções inteligentes para fazer com que o seu espaço seja exatamente o que o seu cliente precisa. Economizar no planejamento pode acabar saindo muito caro ao longo da jornada do seu negócio.


Não se preocupe com a distância. Onde quer que você esteja, a Gôndolas Brasil tem a eficiência logística para chegar até você, te ajudando a transformar o padrão da sua loja em uma alta qualidade de entrega e uma experiência incrível.

60 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page